​​​​​
Unimed Natal
MINHA UNIMED

Sarampo: entenda a importância da vacinação

08/08/2018 - 13h

  Cartilhas de saúde
Sarampo: entenda a importância da vacinação
O sarampo é uma doença infecciosa aguda, altamente contagiosa e afeta, principalmente, crianças. A transmissão ocorre por meio de secreções ao tossir, espirrar ou falar. Crianças desnutridas e menores de 1 ano de idade podem ter complicações mais graves. Mas vale reforçar: o sarampo é uma doença grave e pode se contraído por pessoas de qualquer idade, podendo causar a morte.
 
Apesar de em 2016 o Brasil ter recebido da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) o certificado de eliminação da circulação do vírus, atualmente o País enfrenta surtos em Roraima e Amazonas. Casos isolados também foram confirmados em estados como São Paulo, Rio Grande do Sul, Rondônia e Rio de Janeiro.
 
Sinais e sintomas
Febre acima de 38,5°C

  • Dor de cabeça

  • Manchas vermelhas, que surgem primeiro no rosto e atrás das orelhas, e, em seguida, se espalham pelo corpo

  • Tosse

  • Coriza

  • Conjuntivite

  • Manchas brancas que aparecem na mucosa bucal de um a dois dias antes do aparecimento das manchas vermelhas
 
Campanha de Vacinação
De 6 a 31 de agosto de 2018, o Ministério da Saúde realizará a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo. Segundo o órgão, nesta campanha, todas as crianças de um ano a menores de cinco deverão receber a vacina contra o sarampo, independentemente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.
 
Prevenção
A vacina contra o sarampo é a única maneira de prevenir a doença e deve ser realizada conforme indica o Calendário Nacional de Vacinação. De acordo com consulta realizada com o Ministério da Saúde em agosto deste ano, após o término da Campanha Nacional, crianças maiores de cinco anos e adultos deverão ir ao posto de saúde para atualizar a caderneta de vacinação. Quem comprovar a vacinação contra o sarampo conforme preconizado para sua faixa etária, não precisará receber a vacina novamente.

A vacinação é a única maneira de prevenir a doença. Portanto, os pais devem ficar atentos ao Calendário Nacional de Vacinação. As crianças devem receber duas doses da vacina: uma aos 12 meses (tríplice viral – sarampo, caxumba e rubéola) e outra aos 15 meses (tetra viral - sarampo, caxumba, rubéola e varicela).
 
A vacina do sarampo é contraindicada para:
 
  • Pessoas com suspeitas de sarampo

  • Gestantes devem ser vacinadas após o parto

  • Mulheres que estejam planejando engravidar devem assegurar-se que estão protegidas. Um exame de sangue pode diagnosticar se já está imune à doença. Se não estiver, deverá se vacinada e programar a gravidez para um mês após a imunização.

  • Menores de 6 meses de idade

  • Imunocomprometidos
 
Fonte: Unimed do Brasil
 
 

Voltar

Veja também estas notícias

Gente saudável
A hora do desmame

A hora do desmame

O fim da amamentação pode ser uma fase desafiadora e o ideal é que ocorra de forma natural. Entenda quando e como fazer o desmame. A amamentação é...

Ler mais
Institucional
Fique atento à data de vencimento da sua carteirinha e programe-se!

Fique atento à data de vencimento da sua carteirinha e programe-se!

A Unimed Natal informa a seus beneficiários que a partir desta data, as carteirinhas do plano de saúde serão entregues, exclusivamente, na Central de Atendimento da Coop...

Ler mais
Gente saudável
Unimed Natal realiza encontro com pais de bebês prematuros

Unimed Natal realiza encontro com pais de bebês prematuros

Sorrisos e muita emoção marcaram o reencontro da equipe multidisciplinar da Maternidade Unimed com mães e pais de crianças prematuras que passaram pela UTI Neo do...

Ler mais
Institucional
A importância de exercitar o cérebro

A importância de exercitar o cérebro

Não é só o corpo que precisa se manter ativo: estimular o cérebro se reflete na concentração, na memória e no raciocínio   &nbs...

Ler mais

Atendimento via
WHATSAPP

Atendimento Empresarial
PME

(84) 98896-9512

Dúvidas? Tire-as aqui! Canais exclusivos para você tirar aquela dúvida sobre a UNIMED.