​​​​​
Unimed Natal
MINHA UNIMED

Guia de exercícios para gestantes

06/04/2018 - 20h

  Gente saudável
Guia de exercícios para gestantes

Os exercícios físicos promovem o tônus muscular, a força e a resistência, o que ajudará o corpo a carregar o peso extra da gravidez, preparará a mulher para o esforço do parto e ainda colaborará para que o corpo volte à forma depois que o bebê nascer.

Manter um bom condicionamento físico faz bem mesmo?

A atividade na gestação também diminui desconfortos físicos, como dores nas costas, prisão de ventre, fadiga e inchaço, além de ajudar a manter o humor mais estável e a auto-estima e o sono em dia.

Quando a mulher tem um bom condicionamento físico antes de engravidar, ela fica com mais condições de manter um bom nível de atividade durante a gestação, já que não é hora, na gravidez, de experimentar esportes novos ou de mais impacto.

Há algum motivo para não me exercitar enquanto estiver grávida?

Algumas mulheres precisam de mais cuidados para fazer exercícios. Converse com o médico antes de iniciar qualquer atividade física se você:

  • teve alguma ameaça de aborto espontâneo
  • teve um bebê prematuro no passado
  • sabe que corre risco de um parto prematuro desta vez
  • sabe que sua placenta está baixa
  • teve sangramento forte
  • teve problemas na coluna lombar ou nas articulações do quadril
  • tem alguma doença pré-existente
  • tem pressão alta
  • sabe que vai ter mais de um bebê

Costumo fazer exercícios físicos de alto impacto. Posso continuar durante a gravidez?

Se você tinha um ótimo condicionamento físico antes da gravidez, é até possível que possa continuar com as mesmas atividades. Mas converse com o médico antes de fazer exercícios de alto impacto e musculação.

O aconselhável é "ouvir o corpo" para ter certeza de que a carga do treino está adequada. Na gravidez, o corpo precisa de mais oxigênio -- por causa do bebê, o organismo terá menos oxigênio disponível para se exercitar. Desde que você consiga treinar sem perder o fôlego, provavelmente não há problema.

Quanto à musculação, o objetivo principal durante a gravidez deve ser o de preservar o tônus muscular, e não desenvolver mais massa. Alguns especialistas preferem recomendar o uso de menos peso, e dar ênfase nas repetições, já que a musculação é um tipo de exercício que pode elevar a pressão arterial.

Mais para o fim da gravidez, as mudanças no corpo podem impedir determinados movimentos e, para não fazê-los de maneira incorreta, pode ser necessário optar por outra forma de exercício. 

Em relação aos exercícios aeróbicos, o mais seguro é ficar com os de baixo impacto. Atividades em que seja preciso correr e pular o tempo todo podem forçar demais o corpo ou provocar tombos.

Quais os melhores exercícios para mulheres grávidas?

Caminhadas, corridas leves, natação, hidroginástica e bicicleta ergométrica são considerados exercícios seguros na gestação. Ioga e pilates também são boas atividades, mas é preciso se certificar de que o professor tenha experiência em trabalhar com grávidas.

Eu era sedentária e agora quero me exercitar. Quais os cuidados que devo tomar?

Depois de conversar com o médico e ser liberada, você poderá fazer exercícios moderados.

Prefira atividades de baixo impacto, como caminhadas ou natação, e comece aos poucos, de preferência com a ajuda de um professor de educação física.

Devo mudar minha rotina de exercícios ao longo dos nove meses de gestação?

Sim, é importante adaptar a rotina de atividades físicas ao longo da gravidez. Mesmo que você seja bem ativa antes da gravidez, seu corpo naturalmente terá a tendência de diminuir o ritmo, para acomodar o útero em crescimento.

É especialmente importante durante o primeiro trimestre que você evite elevar demais a temperatura do corpo. Passado esse período, você também vai precisar eliminar exercícios que sejam feitos no chão (de barriga para cima) ou em que você fique de pé por muito tempo -- ambos podem reduzir o fluxo de sangue para o bebê.

Há esportes que não são recomendados para grávidas?

Se você não é atleta profissional, tenha cuidado com atividades físicas com potencial para quedas mais duras, confrontos corpo a corpo ou batidas fortes da bola, como basquete, vôlei e futebol.

Exercícios aeróbicos de baixo impacto são os mais aconselháveis.

Dá para saber se estou exagerando nos exercícios e posso fazer mal ao bebê?

De modo geral, não se exercite até chegar ao limite da exaustão. Escute os sinais do seu próprio corpo. 

Uma boa regra é baixar o ritmo quando não conseguir mais conversar com alguém enquanto estiver se exercitando.

Interrompa os exercícios imediatamente se sentir tontura, falta de ar, sensação de desmaio, sangramento vaginal, dificuldade para andar, contrações ou falta de movimentação do bebê (mas tenha em mente que o bebê costuma ficar mais quietinho quando você se exercita).

Quais os exercícios recomendados para o pós-parto?

Você provavelmente não vê a hora de ter seu corpo de volta ao normal, mas comece devagar. 

Primeiro, certifique-se de que está fisicamente pronta; depois dê início ao processo de retomar a forma antiga com uma série de alongamentos e exercícios para firmar o corpo. Quando conseguir, acrescente uma segunda série de exercícios.

Se você passou por uma cesariana, pode começar a fazer abdominais leves e exercícios para o assoalho pélvico assim que o médico liberar.

Ter tempo e, principalmente, energia para atividades físicas com um bebê para cuidar pode ser bem complicado. Mas há maneiras de incorporar seu filho a uma rotina diária de exercícios, como por exemplo levando-o no carrinho para uma boa caminhada em um parque, nas ruas do seu bairro ou até numa ida a pé ao supermercado.

Fonte: Babycenter


Voltar

Veja também estas notícias

Institucional
Unimed Natal passa a oferecer 18 novos procedimentos

Unimed Natal passa a oferecer 18 novos procedimentos

Entrou em vigor a nova cobertura mínima obrigatória dos planos de saúde estabelecida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A Resoluç&atil...

Ler mais
Gente saudável
Combate ao câncer de próstata

Combate ao câncer de próstata

Saiba quais hábitos ajudam na prevenção deste câncer e quais outros cuidados importantes relacionados à saúde do homem   Novembro é o m...

Ler mais
Saúde em pauta
Hipertensão arterial

Hipertensão arterial

Entenda os perigos da pressão alta, os efeitos no organismo e os hábitos que ajudam a controlar o problema. A hipertensão arterial é uma doença silencio...

Ler mais
Institucional
Unimed Natal adota programa Jeito de Cuidar Unimed

Unimed Natal adota programa Jeito de Cuidar Unimed

Com o propósito de construir um atendimento de excelência, de cuidado e estreitamento no relacionamento com seus beneficiários, a Unimed Natal iniciou a implementa&ccedil...

Ler mais

Atendimento via
WHATSAPP

(84) 9 8856-0530

Dúvidas? Tire-as aqui! Canais exclusivos para você tirar aquela dúvida sobre a UNIMED.