​​​​​
Unimed Natal
MINHA UNIMED

Autismo: como reconhecer?

02/04/2018 - 17h

  Saúde em pauta
Autismo: como reconhecer?

Você sabe o que é autismo? Conhece as causas, sintomas e diagnóstico dessa doença? O autismo infantil é um transtorno de desenvolvimento que normalmente aparece até os três primeiros anos de vida da criança e afeta as habilidades de comunicação e interação social, ou seja, o modo de se relacionar com as pessoas. Não se sabe ao certo as causas desse transtorno, mas principalmente a genética e ainda fatores ambientais podem ser os responsáveis.

Uma pessoa com autismo pode ter aversão excessiva a estímulos da visão, audição, olfato ou paladar, além de ter uma resposta emocional anormal a mudanças de rotina. Estes sintomas variam de moderados a graves. Em relação à comunicação, pessoas com autismo podem não falar, repetir o que foi dito (ecolalia) e terem dificuldades para iniciar e manter uma conversa coerente. É importante destacar que nem sempre a criança irá apresentar todos os sintomas.

A dificuldade de relacionar-se com outras pessoas implica em falta de empatia e assim não ter muitos amigos, ser retraído e optar por ficar sozinho na maioria das vezes. O diagnóstico é clínico e deve ser feito por meio da observação direta do comportamento da criança e de uma entrevista com pais ou responsáveis.

Como reconhecer o autismo

Geralmente, as crianças com autismo apresentam algumas características. Confira abaixo:

Hiperatividade;
Dificuldade de linguagem;
Dificuldade de interação social;
Interesse restrito de repertório de brincadeiras e alimentos;
Incômodo ao toque;
Isolamento na presença de outras crianças;
Sensibilidade alterada;
Não responde pelo nome, como se fosse surda;
Quando se machucam, não demonstram sentir dor;
Para diagnóstico, procure um médico neurologista.

Diga não ao preconceito contra o autismo

Embora informações estejam disponíveis ainda é precário o conhecimento das pessoas a respeito do transtorno, o que muitas vezes leva ao preconceito. Acredita-se, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), que cerca de 2 milhões de pessoas apresentam algum grau desse transtorno no país. A informação é a única chave contra o preconceito.

Autismo tem tratamento?

Não existe tratamento padrão. Cada paciente exige acompanhamento individual, de acordo com suas necessidades e deficiências.
 

Fonte: Unimed Fortaleza


Voltar

Veja também estas notícias

Institucional
Unimed Natal conquista o prêmio Top Natal pela 11ª vez

Unimed Natal conquista o prêmio Top Natal pela 11ª vez

A Unimed Natal acaba de conquistar o prêmio Top Natal 2017. Pela 11ª vez, a Cooperativa Médica leva o título de marca mais lembrada pelos potiguares no segmento Plan...

Ler mais
Gente saudável
Dia Mundial da Saúde

Dia Mundial da Saúde

Hábitos saudáveis como alimentação e atividade física são os principais fatores que colaboram para uma vida mais longa, com vigor, energia e disposi...

Ler mais
Institucional
Confira os horários de funcionamento dos nossos serviços durante o Carnaval

Confira os horários de funcionamento dos nossos serviços durante o Carnaval

Confira os horários de funcionamento do serviços próprios durante o Carnaval 2018.  FARMÁCIA UNIMED Segunda e terça-feira (12 e 13): não...

Ler mais
Institucional
Mais conforto e comodidade. Esse é o plano.

Mais conforto e comodidade. Esse é o plano.

A partir desta segunda-feira (22), clientes Unimed Natal não precisam mais do encaminhamento médico e a autorização para marcar consultas em nutriçã...

Ler mais

Atendimento via
WHATSAPP

(84) 98896-8935

Dúvidas? Tire-as aqui! Canais exclusivos para você tirar aquela dúvida sobre a UNIMED.